2018. Novembro 26.
Voltar

Pacote - 3 Dias Completos em Budapeste com guia

 

 

Dia 1. Budapeste

Chegada a Budapeste com trem ou avião. Traslado ao hotel e check-in. Conforme a hora da chegada tempo livre ou programas.

Passeio de Barco

Com barco publico  desde do rio Danúbio visitamos os maravilhosos prédios iluminados da cidade, conhecido como “Perla do Danúbio”.  Durante a musica do “Danúbio Azul” de Strauss, vamos a ouvir as explicações da guia sobre a cidade. Uma experiência inesquecível!

 

Dia 2. – Budapeste 

10.00h - Visita do lado Peste (duração total 4 horas )

 Praça dos Heróis: Esta é uma das principais e mais bonitas praças de Budapeste,  foi ao longo da história e até nos dias de hoje um dos principais  palcos de muitos acontecimentos culturais, históricos, políticos e sociais. É uma praça que tem dentro do seu espaço alguns monumentos, sendo que no seu centro se ergue o “Monumento Milénio”, o qual representa e foi erguido para comemorar os 1000 anos de soberania do Estado Húngaro. Castelo Vajdahunyad: um local onde se podem ver 21 edifícios, que pretendem retratar 21 dos principais edifícios e monumentos existentes na Hungria a quando das festividades do 1º milénio do Estado Húngaro. Assim sendo, estas “miniaturas”, réplicas do principal património do país, foram erguidas no ano de 1896, para a exposição comemorativa dos 1000 anos da constituição do Estado Húngaro. Avenida Andrássy: Considerada uma das avenidas mais bonitas de Budapeste, esta é uma avenida ladeada de edifícios e palácios de estilos, ecléticos, neo-renascentistas. Desde 2002 que esta Avenida é considerada Património Mundial pela UNESCO. A sua construção iniciou-se em 1872 e terminou, abrindo finalmente à circulação em 1876.Por de baixo da avenida surge a primeira linha ferroviária subterrânea (metro), construída na Europa continental, que se mantém em funcionamento até aos dias de hoje. Podemos realizar uma visita interior à maior Sinagoga de Europa, o centro religioso e cultural da comunidade judaica em Budapeste.  A Sinagoga de Budapeste foi construída no estilo orientalista entre 1855-59, no lugar da casa natal de Teodor Hertz. O prédio tem capacidade para 6000 pessoas, e é Iremos visitar a praça memorial de Raul Wallenberg com a “Árvore da Vida”, o lugar comemorativo das 600.000 vítimas do Holocausto na Hungria. Basílica de São Estevão: Esta é a maior igreja de Budapeste, a sua construção remota aos anos de 1851-1905. Construída no estilo renascentista italiano, em 1931 recebeu o titulo Basílica Menor. Dentro da Basílica podemos também encontrar a Capela da Santa Direita, onde se encontrada guardada a mão direita do São Estevão, primeiro Rei da Hungria, canonizado como São Estevão, uma das mais importantes relíquias para o povo húngaro. Parlamento: O maior, mais conhecido, monumental, edifício, principal símbolo da cidade de Budapeste. Foi construído segundo os planos de Imre Steindl, entre 1885-1904.   Na sala da copula encontram-se  expostas as mais valiosas relíquias e símbolos nacionais, a Coroa Santa, o Cetro, e a Espada, as jóias da coroa que fazem parte de um expolio de raridades europeias da idade média que perduram até aos dias de hoje. O passeio finalizamos no Mercado Central, obra de Eiffel. Tempo livre para fazer ás compras e para almoçar. È recomendável  voltar ao hotel a pé, atravessando na calçadão belo e famoso „ Rua Váci „

 

Durante a tarde Concerto de órgãa na Basilica de São Estevão

 Neste ano é a Basílica de São Estevão, a maior igreja católica de Budapeste, o lugar onde organizar concertos de órgão. As obras dos concertos foram especialmente seleccionadas para o órgão de esta igreja por Gábor Lehotka (professor de órgão da Academia de Música Franz Liszt de Budapeste). Os concertistas que actuam no ciclo de concertos são: Anasztazia Bednarik, Miklós Teleki, Levente Márton Horváth y László Attila Almássy artistas muito bem conhecidos tanto no interior do nosso pais, como na Austria, Alemanha e Suíça.

 

Dia 3.  – Budapeste 

10.00h - Visita do lado Buda (duração 4 horas) 

Atravessaremos no rio Danúbio pela Ponte da Margarida, pasamos pela Rua Principal, a Igreja de Santa Ana, a Ponte Margarida, a Ilha Margarida. Chegamos ao Castelo Real, Fonte de Rey Matias, e conhecemos a historia do Bastião dos Pescadores. Realizamos uma visita interior na Igreja de Rey Matias. Castelo de Buda: O castelo situa-se, por cima da margem do rio Danúbio, a uns 50-60 metros nas colinas de Buda. Esta paisagem é desde 1987 considerada Património Mundial pela UNESCO. O castelo, também conhecido como “bairro do castelo”,  é povoado deste do século XIII. Tendo sido a idade dourada deste no século XV, como residência da família real. No bairro encontram-se se vários edifícios históricos e monumentos de grande beleza e importância de Budapeste, como por exemplo, a Igreja Matias, o Bastião dos Pescadores e a  Galeria Nacional. Ponte das Correntes Széchenyi: Foi a primeira ponte construída sobre o rio Danúbio em Budapeste no ano 1849. A ponte  tem 380 metros de comprimento, as suas correntes de ferro encontram-se seguras por 2 arcos, constituídos por 4 colunas colunas que se assemelham ao Arco do Triunfo. Nas duas extremidades, Peste e Buda encontram-se 4 leões, feitos em pedra, os quais são também por si só obras muito conhecidas e apreciadas. 

 

Noite húngara com jantar e espectáculo folclórico

Num restaurante típico no centro duma floresta, assistiremos a um espectáculo folclórico com vários dançarinos processionais. Desfrutaremos um jantar abundante com uma  variedade saborosa de pratos tipicamente húngaros

 

Dia 4. - Budapeste 

Transfer ao aeroporto / estação de trem e fim dos nossos serviços.

Em caso de interesse oferecemos transferes directos á Viena, Bratislava, Praga, Cracovia, Zagreb, Ljubljana.... 

Pedir orçamento